Iniciativa popular pode ficar mais fácil


Classificando-a como "a mais importante de todas", o parlamentar entende que a reforma política não pode ser tomada como "a salvação a cada crise", mas deve ser feita "para durar algunmas décadas, até porque, se o objetivo fossem as eleições de 2012, teríamos de votá-la até 30 de setembro para que produzisse efeitos no próximo pleito".

Luís Augusto Gomes - Por Escrito

http://www.porescrito.com.br