Governo por enquanto desdenha o PSC


Sobre a redução dos cargos disponíveis sem que tenham sido atendidas pelo menos três legendas que ainda lutam ou esperam por eles, Eliel repetiu sua parábola do anfitrião: "Quem convida para sua casa é quem diz em que cômodo você vai ficar". Para ele, a demora do governo "talvez seja a questão interna ou muita gente disputando".


O PSC continuará "aguardando o diálogo", e se não der em nada "formará um bloco independente, trabalhando pela Bahia e tantando aprovar seus projetos", completou.

Luís Augusto Gomes - Por Escrito

http://www.porescrito.com.br