Nilo quer mais espaço para legislar


Com seu jeito tipicamente sertanejo, disse que os parlamentos estaduais são "o queijo do sanduíche", com competências "imprensados" pelas Câmaras de Vereadores e pelo Congresso Nacional.


Deu como exemplo o entrave causado pela proibição aos deputados de criar leis que gerem custos ao Poder Executivo, classificando como "impossível" a tarefa. Nilo reclamou também da impossibilidade de criar municípios, já que esta atribuição foi "puxada" pelo Congresso. (AH)

Luís Augusto Gomes - Por Escrito

http://www.porescrito.com.br