Hoje em dia, só urna é bicho misterioso


"De barriga de mulher, cabeça de juiz e urna ninguém sabe o que vai sair", dizia-se antigamente, e as eventuais surpresas confirmavam a validade da afirmação. O progresso tecnológico na medicina, no entanto, veio para destruir uma "verdade histórica", e a mulher teve de ser retirada do ditado.


O que não se imaginava é que, inversamente, a sociedade fosse regredir do ponto de vista moral e institucional, chegando a uma época em que há juízes que vendem sentenças, até em tribunais superiores, sem que sejam punidos devidamente pelo crime.


Nesse caso, a depender de suas reservas financeiras, um litigante pode contar com a possibilidade de saber antecipadamente que decisão tomará um magistrado em sua causa, naturalmente que a favor. Ao deputado Heraldo resta o consolo de que as urnas, apesar das pesquisas, continuam podendo fazer uma surpresa de vez em quando.

Luís Augusto Gomes - Por Escrito

http://www.porescrito.com.br