''Capital Mundial'' tem pior orla marítima do país

Quando se imaginavam esgotados os devaneios, eis que o prefeito João Henrique resolveu dar uma demonstração macro de seu "dom de iludir", como diria o poeta. Faz festa para divulgar um conjunto de projetos que custariam dezenas e dezenas de bilhões de reais e seriam executados em décadas.

 

"Salvador Capital Mundial" - o nome do sonho - não passa de uma pilha de factóides para projetar uma gestão que, no seu sexto ano, não consegue dar um jeito na orla marítima da cidade, para não falar nas providências menores e corriqueiras, como tapar buracos e construir calçadas.

 

O metrô se arrasta na Avenida Bonocô, sem a certeza de que funcionará algum dia. Mas a megalomania delirante já o leva "da Lapa a Pirajá" e o torna parte de uma "rede integrada de transporte" com 45 quilômetros de vias na capital e em Lauro de Freitas.

Luís Augusto Gomes - Por Escrito

http://www.porescrito.com.br