Lula agride o Congresso, diz líder do PSDB


Com indícios de fraudes, obras das refinarias da Petrobras localizadas em Abreu e Lima (PE) e Presidente Getúlio Vargas (PR), o terminal de escoamento de Barra do Riacho (ES) e o Complexo Petroquímico do Rio de Janeiro tiveram os recursos bloqueados no Orçamento de 2010.


A decisão de barrar os repasses foi tomada pela Comissão Mista de Orçamento em dezembro e referendada em sessão do Congresso. O veto presidencial libera as obras para receber recursos mesmo com os pareceres contrários. "O presidente Lula as liberou no afã de melhorar a estatística de execução do PAC", disse Almeida. 

Luís Augusto Gomes - Por Escrito

http://www.porescrito.com.br