Produtor teve mais espaço em Copenhague, diz secretário


Trata-se da "maior organização dos setores de açúcar e etanol, que fala e age no Brasil e ao redor do mundo em nome dos produtores líderes de açúcar, etanol e bioeletricidade, com 110 associadas que representam 60% do etanol e do açúcar no Brasil".


O secretário cita também a livre participação da senadora Kátia Abreu (DEM-GO), presidente da Confederação Brasileira de Agricultura, para quem "os produtores brasileiros produzem com uma mão e preservam com a outra", conforme afirmou em dois momentos da conferência.


"Naquele momento", disse Eduardo Ramos, "tive que intervir, dizendo que milhares de animais, plantas e o solo estão sendo torrados continuadamente e as árvores serradas pelos produtores de gado".

Luís Augusto Gomes - Por Escrito

http://www.porescrito.com.br