Duda Mendonça rejeita caixa dois e briga de galo


Ainda bem que, sob instigação do repórter, Duda falou mais, para tornar suas respostas mais interessantes. Como quando se define como responsável pela eleição de Lula, embora divida as honras com o staff que a vida toda acompanhou o metalúrgico, ao defender-se de acusações que sofreram:


"É mais ou menos óbvio quando você elege um presidente popular como o Lula. Ou não é coincidência que pegaram as pessoas que estavam em volta e saíram metralhando uma a uma?" É exagero dele. Se tivessem sido metralhados, mesmo metaforicamente, não estariam todos por aí.

Luís Augusto Gomes - Por Escrito

http://www.porescrito.com.br