Lídice se acorrenta ao palanque petista

Por Escrito por ocasião da visita da ministra Dilma Rousseff à Igreja do Bonfim.


À ressalva de que Ciro, uma vez candidato, gostaria de ter sua companhia no palanque, e que subindo no de Wagner ela estaria também no de Dilma, a deputada respondeu: "Ainda é muito cedo para essas definições. Deixe Ciro conversar primeiro com o presidente Lula".


Dias depois, em entrevista à repórter Patrícia França, de "A Tarde", disse que Ciro será recebido pelo PSB se vier à Bahia como candidato, mas ponderou: "O palanque do PSB será o palanque de Wagner, governo que ajudamos a eleger", prometendo "esforço pela sua reeleição".


A vinculação extremada ao governador parece fechar à ex-prefeita de Salvador a porta de uma eventual aliança com o PMDB do ministro Geddel Vieira Lima, embora não se saiba que decisão ela tomará se sobrar nesse processo. PSB e PMDB, frise-se, estiveram juntos nas eleições de 2004 (majoritárias) e 2006 (proporcionais).

Luís Augusto Gomes - Por Escrito

http://www.porescrito.com.br