Meirelles tá na parada


Indagado se votaria em Dilma Rousseff, preferida do presidente Lula à própria sucessão, não entregou os pontos: "A ministra Dilma é minha amiga, gosto muito dela, mas como presidente do Banco Central estou impedido de declarar meu voto".

 

Sobre a opinião de Lula a respeito de suas pretensões, disse que o presidente apoiará qualquer decisão que tomar, embora tenha lhe pedido que permaneça na presidência do BC até o fim do mandato.

Luís Augusto Gomes - Por Escrito

http://www.porescrito.com.br