Salvador, 21 de janeiro de 2018

Gestão tripartite

Data: 25/07/2012
10:10:48

“Pelegrino vai recuperar 40 mil imóveis no centro antigo” – “Mário Kertész fará limpeza em canal de Santa Mônica e cuidará da infraestrutura do bairro” – “ACM Neto vai fazer do turismo força motriz de Salvador”.

Promessas assim são encaminhadas diariamente à imprensa pelos candidatos a prefeito de Salvador, que apresentam ainda soluções para o trânsito, buracos, orla marítima, transporte coletivo e outros setores da administração.

O que nos faz pensar que seria melhor se todos fossem eleitos e pudessem fazer uma gestão conjunta à frente da Prefeitura. Com a força de trabalho triplicada, a cidade ficaria uma beleza dentro de pouco tempo.



Ponto futuro

Data: 25/07/2012
10:09:43

Como quem não quer nada, um pesquisador cuja empresa faz trabalhos de prospecção eleitoral em dezenas de municípios vem colocando nos questionários uma pergunta sobre o preferido para governador da Bahia em 2014, relacionando os principais nomes que têm sido citados como possíveis candidatos.

Em praticamente todas as consultas, os nomes apontados, pela ordem, são os de ACM Neto (DEM) e Geddel Vieira Lima (PMDB), com larga vantagem para o primeiro. Quatro exemplos, com os respectivos placares: São Gonçalo (34% a 24%), Maragojipe (44% a 10%), Salinas da Margarida (43% a 10%) e Apuarema (47% a 10%).



Comitê

Data: 25/07/2012
10:08:15

Candidato a vereador pelo PT, o ex-deputado Arnando Lessa inaugura sábado, às 17 horas, no Largo da Lapinha, seu comitê de campanha.



PV mobilizado por doação de sangue

Data: 25/07/2012
10:07:40

A Fundação Hemoba recebe amanhã a campanha “Doando Sangue por Salvador”, promovida pelo diretório municipal do Partido Verde para mobilizar filiados e toda a sociedade para uma doação em massa em prol dos bancos de sangue da cidade.

Para doar, basta ter de 16 a 67 anos, pesar acima de 50 quilos, estar bem de saúde e apresentar documento original com foto. O doador não pode ingerir bebidas alcoólicas nas 12 horas anteriores, mas não é preciso estar em jejum.

Os voluntários podem se dirigir à sede da Hemoba em Salvador, na Avenida Vasco da Gama, ao lado do Hospital Geral do Estado (HGE). O evento, uma tradição em campanhas do PV, a exemplo da candidatura de Fernando Gabeira no Rio em 2008, começa às 8 horas.



Pensadores de plantão estão ativos

Data: 25/07/2012
10:06:15

Da série “teorias conspiratórias”: a corrente gabrielista do PT torce pela eleição de ACM Neto (DEM) em Salvador, o que lhe daria condições políticas de apresentar em 2016 o nome de Henrique Carballal, para quem se espera expressiva votação para vereador em outubro.

Se a vitória for de Nelson Pelegrino, além de ele se tornar candidato natural à reeleição, fortaleceria o secretário Rui Costa contra seu colega José Sérgio Gabrielli na disputa pela sucessão do governador Jaques Wagner.

A corroborar a estranha tese, somente a vocação autofágica que sempre foi latente no PT e que a chegada ao poder fez despertar, com a multiplicação das “tendências” e “subtendências”.



Enfim, um vice que mata e morre pelo titular

Data: 24/07/2012
10:35:22

Otto Alencar é um caso raro de vice. Defende o titular melhor que o próprio, como fez hoje no programa do radialista Raimundo Varela, arranjando justificativas para os atrasos da Via Expressa, do Porto Sul e da Ferrovia Oeste-Leste.

“Não foi má gestão”, disse ele, atribuindo o quadro atual às desapropriações de imóveis necessárias às obras, às restrições dos órgãos ambientais e até aos “problemas” – isto é, corrupção da grossa – encontrados no Ministério dos Transportes e na estatal Valec.

Se desapropriações e respeito ao meio ambiente não estavam previstos pelos bons gestores, então não haverá mais má gestão no Brasil. Mas nada disso evita em Otto o futurismo do governo Wagner: “Vai ser (a ferrovia) a maior obra de infraestrutura da Bahia em todos os tempos”.



As reformas necessárias de sempre

Data: 24/07/2012
10:34:03

Para embasar suas explicações, o vice-governador defendeu com desenvoltura uma reforma tributária que dote os Estados e municípios de mais recursos, criticando a omissão do Congresso também quanto à reforma política e à reforma penal.



Citando Rui

Data: 24/07/2012
10:33:17

Não. Não se trata do maior luminar da ciência jurídica brasileira, cujo prenome basta para identificá-lo. O Rui em questão é o Costa, primeiro candidato de Wagner à sucessão.

Ao referir-se à Valec, o vice-governador lembrou que é a empresa estatal “que toca essas obras, juntamente com a Casa Civil e a Secretaria da Infraestrutura”.



"Ferry-boat" aguarda Wagner

Data: 24/07/2012
10:31:44

Otto só não conseguiu livrar totalmente o governador em relação às críticas ao sistema ferry-boat. Lembrou que o contrato foi assinado em 2006, pelo governo Paulo Souto, com validade de 25 anos, prevista uma revisão em cinco anos.

No ano passado, portanto, foi feita a revisão. O Estado fez auditoria, promoveu cinco audiências públicas e elaborou um relatório supostamente negativo, pois foi dado à concessionária TWB “todo o direito de contestação”.

O passo seguinte foi o encaminhamento do processo à Procuradoria Geral do Estado para emissão de parecer, que já foi concluído e “está com o governador para dar uma solução”.



Queremos RDC

Data: 24/07/2012
10:30:28

O secretário prometeu que as obras para a Copa do Mundo agora serão aceleradas, com a adoção do Regime Diferenciado de Contratações, que, segundo o próprio governo federal, vai “flexibilizar as regras para licitações governamentais, tornando o processo mais ágil e menos rigoroso”.

Ou seja, é exatamente aquilo que se previu e a que se assistiu desde que o Brasil foi escolhido, com cinco anos de antecedência, para sediar a competição: nenhuma providência seria tomada para que tudo viesse a ser resolvido de afogadilho, o que permitiria um acesso mais confortável ao dinheiro público.



Cadeira disputada no PSB

Data: 24/07/2012
10:29:30

Os candidatos a vereador do PSB estão insatisfeitos com a inclusão na chapa, de última hora, da médica Fabíola Mansur, que teve 14 mil votos na capital em 2010, como candidata a deputada estadual, e praticamente tira a chance dos demais de alcançar a única vaga prevista para o partido na Câmara de Salvador.

Quem garante é o candidato Elísio Andrade, que vê na situação “uma briga de metralhadora contra badogue”. Fabíola só anunciou a candidatura no último dia do prazo, surpreendendo os companheiros do PSB. “O que era uma disputa sadia tornou-se desfavorável”, protestou.



Menos verba para a educação

Data: 24/07/2012
10:28:14

Independentemente da Lei de Responsabilidade Fiscal e do saldo do Fundeb, o governo da Bahia vem diminuindo drasticamente o percentual do orçamento do Estado destinado à educação.

No último ano do governo Paulo Souto, 2006, essa participação foi de 28,96%, caindo, já no ano de estreia do governo Jaques Wagner, para 27,06%, seguindo-se os índices de 27,69%, 27,42% e 26,45%.

No ano passado, chegou a 25,82%, ou seja, já bem próximo do limite mínimo estabelecido pela legislação, que é de 25%.



Vane é ameaça ao PT em Itabuna

Data: 24/07/2012
10:25:54

Enquanto o prefeito de Itabuna, Capitão Azevedo (DEM), enfrenta um processo de impugnação de sua candidatura à reeleição, cresce o favoritismo de Vane do Renascer (PRB) sobre a competidora do PT, Juçara Feitosa, mulher do deputado Geraldo Simões.

Não chega a ser surpresa para quem acompanha a política local, pois Vane, que está no terceiro mandato de vereador, era petista, sempre foi o mais votado no partido e sonhava com o apoio de Simões para ser o candidato. Mas foi preterido e procurou abrigo no chamado “partido da igreja”.

Seu vice será o vereador Wenceslau (PCdoB), também um antigo postulante à Prefeitura e que tinha um acordo com Simões para, como aliado histórico, representar o grupo na eleição. Igualmente desprezado, juntou-se a Vane no que, em Itabuna, está sendo chamado de “bloco dos sacaneados”.



Choro de Simões

Data: 24/07/2012
10:24:39

Simões acusou o golpe. Tanto que, em mensagem em rede social reproduzida pelo site Radar Notícias, queixou-se:

“Enquanto partidos aliados se unem a adversários do governo federal e do governo do Estado apenas por conta das eleições municipais, em Itabuna, o PT, de Juçara Feitosa, é leal e grato à presidenta Dilma Rousseff e ao governador Jaques Wagner”.

Um detalhe: PRB e PCdoB são da base do governo Wagner e do governo Dilma. A menos que Simões queira dizer que a aliança de ambos vai favorecer o candidato do DEM.



Deputado vê "dois projetos" na eleição de Salvador

Data: 23/07/2012
21:06:23

Experiente parlamentar governista considera a eleição para prefeito de Salvador uma disputa a ser travada “entre dois projetos”, com Nelson Pelegrino (PT) como “candidato do governo” e ACM Neto (DEM) como “candidato da oposição”.

A possibilidade de uma surpresa, com a intromissão de Mário Kertész (PMDB), para ele, não existe: “Se der Mário Kertész, ninguém vai saber que recado a urna mandou, e o momento é de definição. Se der Pelegrino ou Neto, aí, sim, é ‘queremos manter’ ou ‘queremos mudar’”.

O pleito de 2012 é “totalmente diferente” do de 2008, quando “o governador Jaques Wagner tinha três ou quatro candidatos, não havia quem polarizasse”, disse o parlamentar, recordando “o apoio” de Wagner, a Walter Pinheiro (PT), João Henrique (PMDB) e Antonio Imbassahy (PSDB).



Campanha em fogo brando

Data: 23/07/2012
21:04:20

Opinando sobre o quadro geral no Estado, o deputado diz que “a campanha está parada, como em 2010, quando só começou a pegar o ritmo a partir de agosto”. Segundo ele, “os políticos tentam botar lenha na fogueira, mas o povo está só aguardando”.



Pelegrino quer pai e avó para governar

Data: 23/07/2012
21:03:39

“É difícil governar Salvador hoje sem o apoio do governo do Estado e do governo federal”, disse à Tribuna da Bahia o candidato do PT a prefeito de Salvador, Nelson Pelegrino, sugerindo ainda que “é mais fácil conseguir o apoio de um pai a um filho que a um estranho”.

Somente o desespero de um gato escaldado umas quatro vezes poderia levar o deputado Pelegrino a usar, sem a menor vergonha, esse argumento, que vem se tornando um dos conceitos básicos de sua campanha. O candidato se considera “filho” do governador Wagner e, por extensão, “neto" da presidente Dilma.

Melhor seria que, como deputado federal cuja obra parlamentar, aliás, é pouco conhecida, Nelson Pelegrino apresentasse uma emenda à Constituição delegando ao governador a escolha do prefeito e, quem sabe, a do governador ao presidente da República.

Declarações como essa são um agravo ao princípio número um da Constituição, segundo o qual “todo o poder emana do povo e em seu nome será exercido”. O voto do eleitor é sagrado em qualquer instância. Se um governante não respeita o outro como expressão da vontade popular, então não foi digno da própria eleição.



Paternidade irresponsável

Data: 23/07/2012
20:59:26

E o prefeito João Henrique, que passou a maior parte dos seus oito anos no sufoco, é filho de quem?



Wagner teria rejeição na capital

Data: 23/07/2012
20:58:37

Por mais que se esforcem para negar, Wagner está mesmo sendo desvinculado da propaganda de Pelegrino, que nas placas aparece sozinho, com a vice Olívia Santana, com Lula, menos com o governador.

Jura um deputado do governo que a autorização para o sacrilégio foi dada pelo próprio Wagner, “para reduzir a queimação”. O comitê de partidos aliados, segundo ele, tem uma pesquisa que dá Wagner com 60% de rejeição em Salvador.

“O governador já dá Salvador como perdida, e agora está correndo para salvar o interior. Para quem ganhou duas eleições no primeiro turno na cidade, está sendo uma descida rápida”, avaliou a fonte.



Liderança é com o governador, diz Yulo

Data: 23/07/2012
20:57:25

A decisão sobre a liderança do governo na Assembleia Legislativa está num marasmo de fazer dó, pelo menos aparentemente. Deu-se como certa a escolha do deputado Gildásio Penedo (PSD), depois o assunto não foi mais comentado, surgindo nas especulações apenas o nome do deputado Yulo Oiticica.

Yulo disse a Por Escrito que não foi consultado sobre o assunto, admitindo a existência de “um apelo natural” por ele ser o único deputado da bancada do PT com quatro mandatos e vir exercendo a liderança do partido há dois períodos.

Entretanto, lembrou que “a definição do líder do governo não passa pela Casa nem pelos deputados, pois se trata de uma escolha unilateral do governador”, com base em critérios de natureza política e pessoal.

“Qualquer um se sentiria honrado com uma indicação dessas”, finalizou o deputado, ressalvando: “Como líder do PT na Assembleia, estou aqui para cooperar e entenderei qualquer escolha que venha a ser feita”.



Rosemberg na espreita

Data: 23/07/2012
20:55:59

Companheiro de bancada de Yulo garante que não é bem assim. Com a virtual reeleição do deputado Marcelo Nilo à presidência, que para ele não corre risco, mesmo que a oposição lhe retire o apoio, os petistas não vão aceitar de bom grado a perda da liderança do governo. O nome mais forte, nesse caso, seria o do deputado Rosemberg Pinto.



Sem aliado no poder, prefeito desiste

Data: 23/07/2012
20:54:59

O prefeito de Quijingue, Joaquim Manuel dos Santos, não tentará a reeleição, e assegura que não é por medo de derrota. Prefeito por dois mandatos consecutivos, de 1997 a 2003, fez o sucessor em 2004 e voltou ao cargo no pleito seguinte.

Para que disputasse pela quarta vez, seria necessário que os candidatos em que votou para presidente e governador em 2010, José Serra e Paulo Souto, tivessem vencido, pois assim, segundo disse a este blog, “teria mais facilidade para administrar” um município que consegue "poucas emendas" para realizar obras.

Mesmo tendo trocado o DEM pelo governista PSD, Dr. Joaquim, como é chamado por ser médico, não se sentiu à vontade para continuar, e vai apoiar o correligionário Wellington (Nininho) Goes, comerciante e funcionário da EBDA, que estreia na política.



Campanha para prefeito começa agora

Data: 22/07/2012
12:36:42

Uma convicção nos bastidores políticos informa que o deputado ACM Neto (DEM) tem lugar garantido no segundo turno das eleições para prefeito de Salvador. Mas um novo conceito se incorpora à paisagem: “Se a eleição fosse hoje, ele venceria no primeiro turno".

O candidato chegou em terceiro lugar em 2008, obtendo uma votação cerca de três pontos percentuais inferior à dos adversários, fatia expressiva do eleitorado que o estimulou a permanecer focado no objetivo de ser prefeito da capital.

Por isso, não é surpresa que já há quase um ano venha liderando as pesquisas de consumo interno de partidos e de políticos. O dado, entretanto, se lhe dá consistente esperança de avanço, não é garantidor de vitória, muito menos imediata.

A realidade prática é que a eleição não é hoje, mas daqui a 75 dias, mais da metade dos quais com a campanha nas emissoras de rádio e TV. Ou seja, é agora que os candidatos intensificam sua ação para manter ou mudar o quadro.



PT teme polarização entre Neto e Pelegrino

Data: 22/07/2012
12:34:01

As coligações trabalham efetivamente com as diversas possibilidades existentes, cuidando de dosar as movimentações em busca do melhor resultado. O crescimento do radialista Mário Kertész (PMDB), por exemplo, tem sua influência nos diversos comitês.

Neto sente a perspectiva de enfrentar Kertész no segundo turno, mas não o ataca, pois é possível também que o adversário venha a ser o deputado Nelson Pelegrino (PT), e nesse caso ele precisará do caminho aberto para pedir o apoio do radialista.

O PT preserva Kertész porque sua boa participação no pleito é praticamente garantia de segundo turno, consciente de que, se houver polarização entre Neto e Pelegrino, Kertész será o Imbassahy de 2012, elevando o risco de o pleito ser liquidado de saída.

O dilema petista está na medida do crescimento de Kertész, que não pode ser tanto que ultrapasse Pelegrino, o que muitos “pesquisistas” juram já ter acontecido.



Longa cabeleira

Data: 22/07/2012
12:32:16

Sobre o compromisso do deputado Nelson Pelegrino (PT) de, caso se eleja, “passar um pente fino” nos contratos da Prefeitura de Salvador, leitor que pede reserva do nome desafia: “Quero ver ele passar o pente na Vega”.

Trata-se de uma das empresas encarregadas da coleta de lixo na cidade, que teve o contato de R$ 4 bilhões em 20 anos – “o maior da Prefeitura” – anunciado, mas não assinado pelo prefeito João Henrique.



O direito de matricular

Data: 22/07/2012
12:31:26

Entre as injustiças cometidas contra o coordenador da APLB, Rui Oliveira, está a “acusação” de que seu filho estuda num colégio particular, o Sartre.

Infelizmente, no Brasil, a educação está relacionada à condição financeira do indivíduo, porque a escola pública é uma lástima, e Rui, como sindicalista e educador, sabe disso melhor que ninguém.

Se ele, mesmo com os baixos salários que a categoria recebe na Bahia, consegue matricular o filho num colégio de melhor nível, ufa, é um alívio que todo pai zeloso deveria merecer.

A rigor, se alguma referência desse tipo for possível em nossa sociedade, certamente é a de que o governador do Estado e o secretário da Educação é que têm a obrigação moral de colocar seus filhos nas escolas públicas.



A utopia arquivada do senador

Data: 22/07/2012
12:29:59

O assunto foi até objeto de um projeto de lei do senador e ex-ministro da Educação Cristovam Buarque, atacado como sendo “demagógico” e “fascista”, que dizia no seu único artigo:

“Os agentes públicos eleitos para os Poderes Executivo e Legislativo federais, estaduais, municipais e do Distrito Federal são obrigados a matricular seus filhos e demais dependentes em escolas públicas de educação básica”.

O projeto foi apresentado em 2007, com vigência prevista para 2014, mas não avançou. Deputados e senadores julgaram sete anos pouco para uma transformação tão radical que permitisse à educação brasileira retomar o padrão que tinha nos anos 60, e assim seus pimpolhos estudarem na rede pública, como no passado.



Imprensa cassa candidato

Data: 22/07/2012
12:28:42

Jornal aponta o deputado Márcio Marinho (PRB) como “único candidato negro” a prefeito de Salvador. Deletou Hamilton de Assis, do PSOL.



Impugnação

Data: 22/07/2012
12:27:54

O Ministério Público pediu a impugnação da candidatura do ex-prefeito Wagner Novaes (PSDB) a prefeito de Itiruçu, sob alegação de que teve contas da gestão reprovadas pelo Tribunal de Contas dos Municípios.

Seu aliado Ailton Cezarino (PDT), também ex-prefeito, disse que a questão está sob recurso e que o nome de Wagner não aparece na lista dos inelegíveis encaminhada ao TRE. “Não há fundamento nessa impugnação”, assegura.



Vandalismo põe democracia em xeque

Data: 22/07/2012
12:26:54

Multiplicam-se os casos de destruição e adulteração de propaganda eleitoral exposta em local público. Nos últimos dias, queixaram-se os candidatos a prefeito ACM Neto e Mário Kertész, em Salvador, e Maurício Bacelar, em Camaçari.

E é verdade que, numa circulada pela capital, podem ser notados estragos em algumas peças publicitárias, aparentemente fruto do vandalismo. A cena remete a um passado recente na Bahia, em que o poder era exercido com intolerância.

Se algum grupo radical e antidemocrático está agindo, deve ser identificado e sofrer as sanções da lei, sob pena de suspeição contra o Estado, que em última instância responde pelo ato violento ocorrido em seu território.



Números do poder

Data: 21/07/2012
10:31:55

O secretário de Relações Institucionais do Estado, Cezar Lisboa, está de posse de uma pesquisa interna que indica o deputado ACM Neto (DEM) na liderança para prefeito de Salvador com 35% das intenções de voto, seguido do deputado Nelson Pelegrino, (PT) com 11%, radialista Mário Kertész (PMDB), com 8%, e deputado Márcio Marinho (PRB), com 6%.



Record permitiu programas contra a greve

Data: 21/07/2012
10:31:05

A origem da quase agressão a um repórter da TV Record por professores grevistas na Assembleia Legislativa, ontem, tem sua explicação na forma como os “comunicadores” da emissora vêm tratando o movimento grevista, com o claro interesse de esvaziá-lo.

A evidência, desde o início, está no amplo e repetido espaço dado no programa de Raimundo Varela ao governador Jaques Wagner, enquanto no dia concedido ao coordenador da APLB, Rui Oliveira, foram menos que três minutos, em que mais falou o próprio apresentador.

Representando muito mal o papel de imparcial, Varela a cada dia se tornava mais agressivo em relação ao movimento. Na última quinta-feira, não se conformou em noticiar o fato ocorrido entre uma professora e uma servente da Casa, mas o fez de tema do programa, expondo continuamente a foto da professora.



Sindicalista ao vivo limpa barra da emissora

Data: 21/07/2012
10:29:33

Essa foi a gota d’água para a explosão dos professores contra o primeiro representante da emissora a lhes aparecer, como deixou muito claro, ao ser entrevistado ao vivo do programa de Bocão, o membro do comando de greve Anderson Luiz Santos Silva, de maneira tão ponderada que não restou ao radialista senão ouvir seu consistente discurso.

É possível que, para que Anderson ficasse no ar durante tanto tempo, tenha havido até uma ordem superior, porque a TV Record foi duramente atingida diante da opinião pública e cabia-lhe uma resposta inquestionável, que foi dada com o acatamento às palavras do professor Anderson.

O episódio reforça a discussão sobre o papel dos meios de comunicação e, sobretudo, a responsabilidade de pessoas que têm livremente, todo dia, um microfone nas mãos. Esses profissionais não devem usar o poder que têm para, aproveitando-se da ignorância popular, vomitar a uma coletividade conceitos subjetivos e muitas vezes de validade duvidosa.



Até o poder da Globo sofreu questionamento

Data: 21/07/2012
10:27:54

Nos tempos atuais, é praticamente impossível a um órgão de comunicação, por mais poderoso que seja, controlar a informação e dispor livremente da opinião pública, como ocorreu no passado.

Para citar um exemplo bem emblemático, lembremos que a Rede Globo protagonizou essa época, submetendo políticos a seus interesses e chegando ao ponto de atacar a própria congênere Record, ao fazer uma campanha denunciando métodos e práticas do bispo Edir Macedo à frente da Igreja Universal.

Mesmo quando pontificava como a líder da comunicação no país, no entanto, a Globo não atingiu plenamente seu intento, vez que, em muitos eventos, suas equipes chegavam a ser repelidas nas ruas sob o coro “o povo não é bobo, abaixo a Rede Globo”.

Hoje, a massificação da interrnet, com o advento das redes sociais, em que as pessoas estão em permanente contato, torna mais difícil ainda a imposição desse tipo de distorção à sociedade – e foi isso que, aparentemente, percebeu a Record-Bahia.



Galho dentro

Data: 21/07/2012
10:25:54

Onde é que estava toda a valentia que o repórter Adelson Carvalho costuma demonstrar quando está diante de homens enjaulados ou algemados?



Glúteos ensandecidos

Data: 21/07/2012
10:24:55

A TV Record continua sendo o veículo da mensagem evangélica da Igreja Universal do Reino de Deus, embora tenha se profissionalizado em alto grau para funcionar como emissora comercial, sendo hoje uma das tops do mercado.

Por isso, é estranho que, como transmissora dos princípios bíblicos, permita o exagero de certa programação e mesmo manifestações que possam ser consideradas blasfemas.

Como nesse próprio dia em que Bocão dava o espaço ao professor Anderson. Num dos intervalos, o apresentador chamou para uma exibição de “nossa juventude na Praça da Piedade”.

E o que se viu foi um grupo de moças sacudindo as nádegas em close, enquanto a música ao fundo afiançava que “bumbum tá nervoso, bumbum tá nervoso”. Quando a coisa chegava ao ápice, o animador da festa gritava: “Ô Jesus!”



Deputado vê prejuízo irreversível

Data: 21/07/2012
10:23:21

Realmente mais importante que a desocupação da Assembleia Legislativa é a continuação da greve, prolongando os prejuízos sociais e políticos que já vinham ocorrendo.

Para o deputado Capitão Tadeu (PSB), que esteve na Casa esses últimos dias diante da iminência de uma evacuação à força, as partes envolvidas terão agora de suportar o prejuízo, que poderá ser maior ou menor.

“Se os alunos repetirem o ano em 2013, será um ano perdido. Mas se o governo aprovar todo mundo, será uma década perdida”, argumenta o parlamentar.

Os estudantes pegariam no próximo ano um conteúdo para o qual não estariam preparados, e essa defasagem, como “uma bola de neve”, os acompanharia pelos anos afora.

Caso ocorra a segunda hipótese, “o governo, por inabilidade no trato com o movimento dos professores, estará condenando toda uma geração”, disse Tadeu.



Projeto cria galpões para catadores

Data: 21/07/2012
10:21:37

A obrigatoriedade de galpões de limpeza de bairro, equipamentos sociais destinados aos catadores de material reciclável nas concentrações urbanas da Bahia, é o objeto do novo projeto de lei encaminhado à Assembleia Legislativa pelo deputado Marcelino Galo (PT).

A medida se destina à coleta e reciclagem de lixo pelos catadores em 100% das áreas territoriais dos municípios. Os galpões serão repassados às entidades da sociedade civil organizada, sem fins lucrativos, e organizados diretamente pelos catadores que vivam da atividade.

“A instalação de galpões de limpeza em bairros é de fundamental importância para o desenvolvimento das cidades, por possibilitar a organização dessa atividade informal, padronizar os locais de coleta, aproximar os catadores dos moradores dos bairros, incluir socialmente os catadores e gerar riquezas”, afirma Galo.



Um consenso de resultado

Data: 21/07/2012
10:18:18

Médico em Feira de Santana, para onde viaja diariamente, o ex-deputado João Emílio reforça uma tese que parece consensual no meio político: “José Ronaldo vai matar a pau”.

A frase, dita numa passagem de Emílio pela Assembleia, refere-se à provável vitória do candidato do DEM a prefeito de Feira sobre os adversários, prefeito Tarcízio Pimenta (PDT) e deputado Zé Neto (PT).



A maior vitória na Bahia

Data: 21/07/2012
10:17:27

Apesar do amplo favoritismo de Ronaldo, especialistas acreditam que a maior vitória proporcional na Bahia ocorrerá em Madre de Deus, onde a prefeita Carmen Gandarela (PT) poderá ser reeleita com 85% dos votos na disputa com o vereador Dailton Filho (PMDB).

Carmen parte com muita vantagem. Tem na vice o ex-prefeito Jefferson Andrade (PP) e como coordenador de campanha o ex-candidato Janatan Silva (PCdoB). Setenta candidatos a vereador, de 19 partidos, pedem voto para ela, contra sete dos três partidos adversários. No rádio, terá 25 minutos contra cinco.




Página Anterior    Próxima Página