Salvador, 17 de dezembro de 2017

Apoio a prefeito é incondicional, diz Joacy

Data: 30/01/2012
23:25:28

Ao negar a existência de um acordo expresso para que seja mantido na Assembleia Legislativa em troca do apoio ao prefeito Zé das Virgens em Irecê, o deputado Joacy Dourado (PT) disse que “suplente não grita nem reivindica, aceita os fatos como são”.

Entretanto, ponderou que como deputado no mandato poderá fazer muito mais pelo candidato, lembrando que o principal adversário será o deputado Luizinho Sobral (PTN), que também exerce o mandato em caráter precário.

Se tiver de se afastar da Assembleia com a eventual posse de Carlos Brasileiro, Joacy entende, por exemplo, que Luizinho poderá dizer na campanha: “Eu sou oposição e sou deputado. E ele, que é amigo do governador, não é”.

O parlamentar acrescentou que seu apoio a Zé das Virgens “é tácito, não precisava ser acertado, porque ele é do nosso grupo, é o candidato do governador e do vice-governador”, além de nome preferido pelos seus “amigos de Irecê”.



Durval a cavaleiro

Data: 30/01/2012
23:23:42

Tem razão o senador João Durval Carneiro com o desconforto que exibe no PDT. O partido tirou-lhe o controle da seção municipal de Feira de Santana para satisfazer o recém-ingressado prefeito Tarcízio Pimenta, que agora, conforme os indícios, nem será reeleito. Durval ainda tem mais de três anos de mandato.



Ordens dilaceradas

Data: 30/01/2012
23:22:54

O prefeito de Feira estaria sofrendo de falta de pulso, demonstrando fragilidade que permite a vereadores “enquadrá-lo”, segundo fonte da política feirense.

No âmbito administrativo, os “autorizo” de Tarcízio para obras e serviços estão sendo comparados ao do supracitado João Durval quando governador da Bahia.

A diferença é que os de Durval, pelo menos, eram engavetados pelos destinatários, enquanto os de Tarcízio até são rasgados diante de muita gente.



Kaoma na terra

Data: 30/01/2012
23:21:56

Imagens de Salvador e de Porto Seguro farão parte do novo DVD da banda Kaoma, que marcou época na música brasileira com a lambada “Chorando se foi”. Sucesso em mais de 20 países, vendeu mais de 25 milhões de discos e CDs.

Com a nova cantora, Marina Gasparin, o grupo está na Bahia para a gravação de um clip. O empresário Rafael Kiiffnir, de passagem pela Assembleia Legislativa, informou que não está descartada uma participação no Carnaval.



Conflito de correntes

Data: 30/01/2012
23:20:50

Fonte ligada ao deputado José Rocha destaca sua forte ligação com o ex-senador César Borges e diz que “não tem fundamento” a informação de que ele pretende sucedê-lo na presidência regional do PR.

“Os rochistas – completou, aludindo a notícia anterior, que citava seguidores do deputado Maurício Trindade – acham que os ‘trindadistas juramentados’ gostam de estar nas manchetes, não importa como”.



Vice-prefeito disputa em Piatã

Data: 30/01/2012
23:19:42

Piatã é dos poucos municípios baianos que têm prefeito e vice-prefeito no mesmo partido, no caso, o PSD. Terminando seu segundo mandato, o prefeito Alencar Julião tem como candidato à sucessão justamente o vice Jucerlando Pereira, o Juce.

Apoiado pelos deputados José Carlos Araújo (PSD) e Nelson Leal (PSL), Juce somará a sua chapa outro nome bem cotado no município, o secretário da Administração, Roberval Rego, também pessedista.

O PT poderá definir um representante para disputar a eleição, mas com poucas chances. O adversário mais forte do grupo do prefeito é Dido Rosa, fillho do ex-prefeito Cândido Rosa.



Quadro nacional separa Geddel de ACM Neto

Data: 30/01/2012
23:18:30

Embora supostamente as questões locais não exerçam tanta influência nos fatos nacionais, no caso da eleição de prefeito de Salvador essa relação torna a situação um tanto complicada para a oposição, especialmente o PMDB.

Essa é a visão de observadores políticos com relação à postura de Geddel Vieira Lima, que estaria buscando um caminho para não apoiar o deputado ACM Neto (DEM), e encontrou um bom pretexto na rejeição ao nome de Mário Kertész.

“Dilma não é Lula”, observa uma fonte, para acrescentar que “se Geddel declarar apoio direto a quem mais bate na presidente e no governo, correrá grande risco de perder seu cargo de vice-presidente da Caixa Econômica”.

Disposto a torcer o nariz mesmo para uma chapa que reunisse Neto e o deputado e ex-prefeito Antonio Imbassahy (PSDB), tida como muito viável, é que Geddel procura manter uma porta aberta para a candidatura de Alice Portugal (PCdoB), esta, sim, da “base”.



Caculé e a orfandade

Data: 29/01/2012
11:19:10

Defensores do deputado ACM Neto (DEM) afirmam que é sua capacidade de articulação junto à Comissão de Orçamento da Câmara que garante recursos para obras em Caculé, que tem como prefeito seu correligionário Luciano Ribeiro, um dos poucos que não debandaram.

A contribuição do governo estadual para o município este ano, dizem, se resumiu a R$ 30 mil para ajudar na festa de São João, devendo-se ao parlamentar a liberação de emendas que permitiram obras de infraestrutura e de apoio ao turismo.

O prefeito eventualmente se mete em encrencas com petistas de peso. No ano passado, provocou a ira do deputado Waldenor Pereira ao declarar que “o Sudoeste está órfão”. Depois, foi o líder do PT na Assembleia, Yulo Oiticica, a criticá-lo, lembrando que a Praça Ramiro Pereira, inaugurada em novembro, foi construída com recursos federais.



Guanambi

Data: 29/01/2012
11:17:38

Está praticamente fechada a chapa do prefeito Charles Fernandes (PP) à reeleição em Guanambi. Ele terá como vice o vereador Vítor Bonfim (PDT), filho do deputado João Bonfim, também pedetista. Escondendo o jogo, Vítor apenas admite: “Estamos conversando”.



BLAGUE NO BLOG - Sonhando acordado

Data: 29/01/2012
11:16:16

Esta só conto porque tem testemunha famosa: o secretário da Cultura, Albino Rubim. Jovens estudantes de Comunicação, participamos, em 1972, em Goiânia, de um encontro nacional. No fim de uma semana, tudo que nos restava era a passagem de volta, de ônibus, saindo às 5 horas da manhã.

Tivemos de esperar na rua, e para evitar o sono nem quisemos sentar, ficamos andando, desde meia-noite, em volta de uma praça próxima à rodoviária. Mas Morfeu me venceu. E na caminhada bati inteiro contra uma árvore. Albino, assustado, advertiu: “Se ligue, você está andando”.

Não adiantou. Poucos minutos depois, cochilei de novo. Desta vez, enfiei a perna, até acima do joelho, num buraco cheio de água. Não sei como não sofri uma fratura. Terminou sendo bom. Com metade da calça ensopada, fiquei esperto até a hora do embarque. (Luís Augusto)



Disputa pela vereança

Data: 29/01/2012
11:12:42

Deu curto-circuito na corrente EPS, do PT. Certos de que têm condições de eleger um vereador em Salvador, reunindo o apoio dos movimentos sociais, os militantes acompanhavam a disputa pela indicação entre Paulo Mota e Ademário Costa.

Aí apareceram mais dois postulantes – Marcos Rezende e Luís Carlos Suíca. Ademário, que é membro da Executiva estadual do partido, resolveu pular fora. Um problema para as lideranças da tendência, especialmente Ivan Alex e Renata Costa.



Na rede, a TV Oceano

Data: 29/01/2012
11:11:13

Está funcionando em caráter experimental a TV Oceano (www.tvoceano.com.br), emissora via internet que tem, como diz a apresentação, “o compromisso de transmitir conteúdo audiovisual de qualidade, sempre buscando ampliar o conhecimento e a valorização do ser humano”.

O jornalista responsável é Nivaldo Costa Filho, gerente da TV Assembleia, que leva para essa iniciativa 30 anos de experiência em todos os canais de televisão de Salvador. “A TV Oceano”, afirmou, “é uma grande oportunidade para colocar em prática ensinamentos e conceitos que tenho sobre a comunicação de massa”.

A próxima etapa do projeto é a montagem de um estúdio, com equipamentos de gravação e edição, para transmissão ao vivo de programas de debates sobre educação, segurança, saúde, entretenimento, cidade e serviços. “Nosso objetivo é contribuir para um mundo melhor, para uma sociedade mais humana”, completou.



O homem tá cercado

Data: 29/01/2012
11:09:47

É o deputado José Rocha, e não Maurício Trindade, o interessado em tomar do ex-senador César Borges a presidência regional do PR, dizem trindadistas juramentados.



Os suplentes e o idioma pátrio

Data: 29/01/2012
11:08:52

A língua portuguesa deve ao intelectual Eduardo Portella, ministro da Educação do governo Figueiredo (1979-1985), o resgste da distinção entre os verbos ser e estar, que até aquela época não era evidente no nosso dia a dia.

Outros idiomas, como o inglês (to be) e o francês (être), têm uma só forma para os dois significados. Portella, indagado sobre a possibilidade de perder o cargo por ter de alguma forma desagradado o regime dos generais, colocou as coisas no devido lugar: “Eu sou professor. Estou ministro”.

O ministro foi demitido em 1980. Três ou quatro anos depois, Caetano Veloso, em “Língua”, disse “gosto de ser e de estar”, possivelmente inspirado em Portella. Não é o caso dos suplentes no exercício de mandato. Eles gostariam de “ser”, mas apenas “estão”.



Eu e somente eu

Data: 29/01/2012
11:06:51

Os mais velhos lembrarão que uma das marcas que o marketing colou em Pelé foi o da humildade. Craque mundialmente consagrado, “rei” do futebol, o genial atleta recusava-se a reconhecer suas qualidades - e a “modéstia” o tornava mais divino ainda.

Passou a vida absoluto, sem ameaça, não se abalando nem mesmo quando surgiu o fenômeno Maradona, apesar de muitos defenderem a tese absolutamente falsa de que o argentino era “melhor” do que ele.

Agora, setentão, Pelé parece ter abandonado de vez o velho discurso. Provocado pelo mesmo Maradona, que quer substituí-lo no Olimpo pelo compatriota Messi, o Negão bradou: “Primeiro ele vai ter de fazer 1.283 gols e ganhar três Copas do Mundo”.



Desperdício

Data: 28/01/2012
12:24:18

A se confirmar que Gabrielli só vai ser nomeado em abril para uma secretaria, pergunta-se: por que perder três meses de tanta competência?



Neto fará avaliação ampla em fevereiro

Data: 28/01/2012
12:23:09

Informa-se nos bastidores do DEM que está em curso uma ampla pesquisa eleitoral em todo o Estado, a qual, em Salvador, será também qualitativa, para avaliar em que, além de nomes, pensa a população da capital sobre “como deve ser o próximo prefeito”.

A depender do resultado, o deputado ACM Neto vai ouvir partidos, seu grupo político, incluídos prefeitos, ex-prefeitos, vereadores e lideranças, para tomar a decisão de lançar seu nome agora para prefeito ou se mais apropriado será reservá-lo para a eleição de governador, em 2014.



Macacos velhos não se precipitam

Data: 28/01/2012
12:19:26

Em setores da oposição, considera-se que o radalista Mário Kertész foi “uma invenção de Geddel, boa para o processo, por ser mais um nome, uma alternativa”. A tentativa de Kertész de precipitar a escolha do candidato não foi enquadrada nos cânones ortodoxos da negociação, segundo um deputado.

“Quem quer apoio não pode fixar momento. ACM Neto admite apoiar MK, mas quer ver o cenário mais definido. Por que os dois outros candidatos vão sair para apoiar o terceiro? – perguntou, numa referência ao deputado Antonio Imbassahy (PSDB).



Prefeita de última hora

Data: 28/01/2012
12:18:16

A questão prazo chega a ser irrelevante, diz a fonte, em confronto com a ampliação da capacidade de avaliação das candidaturas. “Temos até 30 de junho”, arrematou, lembrando que “em 2008 o deputado Jorge Khoury foi a uma convenção municipal em Jacobina certo de que ia para a indicação de Leopoldo Passos e terminou vendo candidata a mulher dele, Valdice Castro (PP), hoje prefeita.



Pote de mel

Data: 28/01/2012
12:16:52

Uma coisa é certa no projeto dos sonhos do DEM: se Neto for o prefeito de Salvador e José Ronaldo, o de Feira de Santana, a candidatura de Geddel Vieira Lima ao governo do Estado terá o apoio de ambos.



Assim até eu

Data: 28/01/2012
12:15:59

Uma condição indiscutível para que o deputado ACM Neto aceitasse imediatamente a tarefa seria uma manifestação de apoio dos três principais partidos da oposição – PMDB, PSDB e DEM.   



Lúgubre determinação

Data: 28/01/2012
11:57:15

Quanto à impossibilidade de retirar sua candidatura à Prefeitura de Jacobina para apoiar a prefeita Valdice Castro (PP), o deputado Amauri Teixeira (PT) não poderia ser mais convincente:

“Até Lula, a quem admiro muito, estando no seu leito de morte e me fizesse esse pedido, eu não o atenderia”.



Chacina de Unaí segue sem julgamento

Data: 28/01/2012
11:55:52

Entidades profissionais repetem, todo ano, sem sucesso, atos públicos nacionais pedindo o julgamento dos acusados de terem assassinado três auditores e um motorista do Ministério do Trabalho na zona rural de Unaí, Minas Gerias, em 2004, quando atuavam contra o trabalho escravo na região.

Não se pode entender que leis e justiça prevalecem no Brasil quando nem os representantes do Estado têm segurança para cumprir sua função. A impunidade é um óbvio assentimento e estímulo a que os métodos da barbárie continuem sendo usados.

Além de José Alberto de Castro, estão em liberdade os três acusados de serem mandantes da chacina: o fazendeiro e prefeito de Unaí, Antério Mânica (PSDB), seu irmão Norberto e Hugo Alves Pimenta. Estão presos Erinaldo de Vasconcelos Silva, Francisco Elder Pinheiro, Rogério Alan Rocha Rios e Willian Gomes de Miranda.



Graça estranha números da segurança

Data: 28/01/2012
11:54:36

A deputada Graça Pimenta (PR) não parece, como se diz nos bastidores, disposta a ir para a base do governo, o que seria favorecido pelo fato de lá já estar seu marido, o prefeito de Feira de Santana e candidato à reeleição, Tarcízio Pimenta (PDT).

Ao declarar que Feira registrou o maior número de “homicídios intencionais no interior do Estado em 2011”, a deputada usou informações da própria Secretaria da Segurança Pública, comparando os 379 assassinatos ocorridos no ano passado com a população da cidade, de 560 mil habitantes.

A ação do governo, no entanto, não foi poupada no comentário: “Os dados da SSP apontam também que o número de homicídios intencionais na Bahia reduziu-se pela primeira vez em dez anos, porém não é essa a impressão que muitos cidadãos têm”, lembrando as 20 mortes que o município teve neste início de ano.



Cidadania, onde estás que não respondes...

Data: 28/01/2012
11:52:49

“Temos força moral para fazer valer os nossos direitos, pois estamos agindo em prol da sociedade”, afirmou o presidente da OAB-Bahia, Saul Quadros, ao receber entidades da sociedade civil que foram pedir apoio a ações contra a nova Lei do Solo, a qual é tida como privatista de espaços públicos.

Seria interessante saber onde estavam em 2008 o Movimento Desocupa, o Movimento Vozes da Cidade, a Federação da Associação de Bairros de Salvador, o Teatro Vila Velha e o Instituto dos Arquitetos. Foi quando se elegeram a atual Câmara, que aprovou, e o prefeito, que sancionou a chamada Lous.

Essa história de “mobilização social em favor da cidade” é balela. O movimento contra a ocupação de uma praça em Ondina reuniu uns 400 gatos literalmente pingados porque chuviscava no momento. Já o Festival de Verão engarrafa a orla e a Paralela. Não tem jeito nem justiça quando falta cidadania, como faltou na eleição.



Tendência do PSD é ficar na dele

Data: 28/01/2012
11:51:12

Fonte muito próxima ao vice-governador Otto Alencar não acredita que o PSD vá exigir cargos no governo, fazendo valer o peso de uma bancada de 12 deputados na Assembleia. “Pelo que tenho sentido do presidente, ele não vai pleitear nada”, afirmou, com a ressalva: “Se Wagner convidar, é assunto a se examinar”.

A ideia, naturalmente, “ocorreu” entre filiados ao novo partido desde que o crescimento na Bahia mostrou-se muito além da expectativa inicial. Volta à baila agora trazida pelo deputado Alan Sanches, presidente municipal, que de quebra citou os “cinco deputados federais, três vereadores em Salvador e 69 prefeitos”.



Fazendo o que quer - 1

Data: 28/01/2012
11:49:36

Outra fonte pessedista, não tão próxima de Otto, lembrou o atualíssimo episódio em que a presidente Dilma não gostou do desafio e exonerou do Dnocs um protegido do líder do PMDB na Câmara, Henrique Alves, atitude que teria tomado por estar “no início do governo e forte com a população”.

Nessa ótica, o PSD, que tem “pouco tempo de formado”, nem deve pensar em “comprar briga” com o governo Wagner, acrescentou.



Fazendo o que quer - 2

Data: 28/01/2012
11:48:15

Político experiente não acha que a saída de Joacy Dourado (PT) da Assembleia Legislativa impediria o governador Jaques Wagner de nomear o deputado Valmir Assunção (PT) para a Secretaria de Desenvolvimento Social.


Assunção ocuparia o lugar de Carlos Brasileiro, que assumiria o mandato de deputado, também pelo PT, desbancando Joacy. “Valmir tem mais peso para Wagner do que Joacy. Não tem como Joacy não apoiar Zé das Virgens em Irecê, avaliou.



EPS quer socialismo como rumo

Data: 26/01/2012
10:40:45

A tendência petista Esquerda Popular Socialista tomou uma deliberação importante em Porto Alegre e a colocou em resolução de caráter nacional: retomar “os debates históricos de luta do partido com referência ao socialismo e as ações junto com os movimentos sociais”.

Numa linguagem que deixou de ser usual em seu partido, o deputado Marcelino Galo citou o educador Sérgio Haddad, para quem “o sistema capitalista é insustentável diante da questão ambiental, social e econômica por se pautar na separação dos povos entre os países e entre indivíduos do mesmo país”.

Defendendo o socialismo como sinalizador dos rumos do PT, Galo afirma que a EPS vai pautar a discussão política  com “assuntos que vão de encontro aos interesses do capital e da burguesia no país”.



Marxistas-trotskistas no núcleo do poder

Data: 26/01/2012
10:39:29

O líder do PT na Assembleia Legislativa, Yulo Oiticica, oficializa amanhã seu ingresso na corrente petista Democracia Socialista, da qual fazem parte, entre outros, o senador Walter Pinheiro, o ministro Afonso Florence e o secretário Robinson Almeida.

Curioso foi saber que a DS “é uma organização política marxista brasileira de tradição trotskista que existiu como agrupamento político independente até 1986, quando se transforma em tendência política interna ao Partido dos Trabalhadores”.



Marca do governo sai em editais de ONGs

Data: 26/01/2012
10:38:13

O presidente do DEM, José Carlos Aleluia, pediu ao Ministério Público investigação sobre a colocação da marca do governo do Estado em editais de organizações não governamentais – associações e cooperativas – publicados na imprensa.

“O financiamento público não pode implicar atrelamento político. É ilegal”, disse o ex-deputado, pedindo também que o Conselho Estadual de Comuinicação aja com “independência” e busque “explicações” para o fato.



Objetivo de Franco é derrotar Moema

Data: 26/01/2012
10:37:12

Chico Franco (PCdoB), secretário da prefeita de Lauro de Freitas, Moema Gramacho (PT), queria ser indicado para a sucessão, mas a prefeita trabalhou direitinho para que o lugar seja ocupado pelo vice João Oliveira, tucano histórico que se filiou ao PT há três meses.

Para pressionar, Franco lançou sua candidatura, mas Moema nem ligou, e continuou duvidando, como este blog publicou em 20 de outubro, que o aliado tivesse procurado o adversário Doutor Márcio (PP) para algum entendimento.

Com as negociações agora confirmadas pela imprensa em geral, a prefeita deve tomar suas providências, mas, aparentemente, o estrago já está feito. Franco, que foi vice de Cacá Leão em 2004, poderá mesmo repetir a dobradinha com o PP.

Contam fontes da política lauro-freitense que Franco não pretende ser “o terceiro candidato” porque isso contribuiria para a vitória de Oliveira. Para evitá-la, está disposto a abrir mão da cabeça de chapa e oferecer apoio a Márcio.



Santaluz

Data: 26/01/2012
10:35:06

De passagem pela Assembleia, o ex-deputado Joélcio Martins (PMDB) anuncia a disposição de seu filho, Joélcio Júnior, vencer o prefeito Joselito Carneiro (DEM) na disputa pelo poder em Santaluz. “O município sofre com a seca e o prefeito não faz nada”, afirmou.



Assembleia no Pacto pela Vida

Data: 26/01/2012
10:34:22

O deputado Yulo Oiticica, líder do PT e membro da Comissão de Direitos Humanos, representará a Assembleia Legislativa no Comitê Executivo do Programa Pacto pela Vida, que será instalado logo mais, às 14 horas, na nova sede do Ministério Público, no Centro Administrativo. O parlamentar terá como suplente o procurador da Casa, Graciliano Bonfim.



O velho golpe do apoio político

Data: 26/01/2012
10:33:24

O ex-prefeito Sérgio Costa (PRP), de Barro Preto, convidou para um almoço em sua fazenda o deputado Geraldo Simões e o prefeito de Ibicaraí, Lenildo Alves, que por sua vez levou o deputado Rosemberg Pinto, todos os PT.

No calor da reunião festiva, acabaram tirando fotografias, uma das quais foi parar no site Pimenta na Muqueca, com a informação de que os parlamentares apoiariam a candidatura de Sérgio.

Como o PT tem a candidata Jaqueline Mota em Barro Preto, foi o maior alvoroço na cidade. Aborrecido, e dizendo falar também em nome de Simões, Rosemberg teve de percorrer a região para desfazer o “mal-entendido”.



Painel de volta

Data: 26/01/2012
10:32:03

Está de volta ao plenário da Assembleia Legislativa, após trabalho de conservação, o polêmico painel de Carlos Bastos com personalidades baianas. Comenta-se que se o deputado Paulo Rangel (PT) pegou no pincel, devem ter dançado uns quatro retratados.



Joacy empata volta de Valmir à Sedes

Data: 25/01/2012
11:56:22

Existe possibilidade de o deputado Valmir Assunção (PT) voltar à Secretaria de Desenvolvimento Social e Combate à Pobreza (Sedes), numa articulação do chefe da Casa Civil, Rui Costa, de olho no apoio da corrente petista Esquerda Popular Socialista a sua candidatura ao governo em 2014.

A vaga certamente será aberta com a saída do secretário Carlos Brasileiro – indicado para o cargo pelo próprio Rui – para disputar a Prefeitura de Senhor do Bonfim. Rompido com o prefeito Paulo Machado, que trocou o PT pelo PP após ter vetada sua candidatura à reeleição, Brasileiro está determinado a derrotar o adversário.

O grande problema é que Brasileiro, suplente de deputado, assumiria sua cadeira na Assembleia Legislativa, desbancando o também suplente Joacy Dourado (PT), que, conforme entendimento prévio, apoia a reeleição do prefeito Zé das Virgens em Irecê porque está deputado. Ou seja, para manter esse acordo, Wagner teria de nomear um deputado estadual para a Sedes.



Alvo distante

Data: 25/01/2012
11:53:58

O deputado ACM Neto é duro na crítica ao anunciado novo auxiliar do governador Jaques Wagner, José Sérgio Gabrielli, também apontado como possível candidato à sua sucessão:

“O mercado já comemora a demissão de um cidadão que só usou a Petrobras para fazer política rasteira, para distribuir patrocínios a prefeitos do PT e partidos aliados no interior da Bahia e em outros Estados”.

Se Neto fosse oposição a João Henrique como é a Wagner, sua campanha para prefeito da capital teria muito terreno para crescer.



Desfecho homofônico

Data: 25/01/2012
11:52:40

Da imprensa: “Nova lei coloca benefícios de juízes em xeque”. Na verdade, tudo vai terminar em cheque.



"Feira não quer gerente", diz Zé Neto

Data: 25/01/2012
11:51:05

Do líder do governo na Assembleia Legislativa. Zé Neto, (PT), candidato a prefeito de Feira de Santana: “Zé Ronaldo ganhou duas eleições dizendo que o prefeito tinha de estar ao lado dos governos estadual e federal. Agora, ele vai ter de desfazer esse discurso”.

O deputado acha que “o momento brasileiro é da política que torna as coisas melhores para a população com discussão, sem rolo compressor”. Embora destacando a importância de “pavimentar ruas e fazer viadutos”, ele conclui que “Feira não tem mais espaço para gerente”.




Página Anterior    Próxima Página